Blog da Bp
ago102016

Como funciona o empreendedorismo: O guia definitivo

Categorias: Balões Personalizados Dicas Marketing

0 Comentário

Veja aqui como funciona o empreendedorismo, seus pilares, o que é perfil empreendedor, e outras dicas para ter sucesso no seu negócio!

Como funciona o empreendedorismo

O que é empreendedorismo?

O empreendedorismo tem como principal objetivo questionar a realidade e investir na evolução todos os dias. Ao inovar e solucionar problemas das empresas, ou de outras pessoas, o empreendedor (e seu negócio) promovem um grande desenvolvimento para toda a sociedade.

Como funciona o empreendedorismo: Um guia para entender melhor

É possível traçar quatro funções principais do empreendedorismo na tomada de decisões que levarão a futuras organizações: Produzir (ou função P), Administrar (ou função A), Empreender (Função E) ou Integrar (Função I).

Função P

A função “Produzir” diz respeito aos motivos pelos quais a organização foi criada e direciona a sua existência, isto é, que tipo de empreendimento você pretende montar.

Esse item se refere ao “imaginar” e “concretizar” os serviços/produtos que o empreendedor vai oferecer ao mercado, com todas as inovações e agregação de valores.

Função A

A função “Administrar” diz respeito a colocar o projeto de negócio dentro de um padrão de sistema de controle, ou seja, projetar as rotinas de trabalho e programar as atividades da futura empresa.

Função E

A função “Empreender” é quando o empreendedor passa a fazer prognósticos e mentalizar, de maneira administrativa, projeções do futuro, tentando prever o que irá acontecer com o seu produto quando for lançado, tendo todo um planejamento do empreendedorismo.

Função I

A função “Integrar” seria, como o próprio nome sugere, combinar todos os aspectos gerais do produto às afinidades da empresa. As variáveis da atividade empreendedora exigem uma “mistura” adequada da essência das quatro funções aqui citadas para ter um negócio de êxito.

Tipos de empreendedorismo

Empreendedorismo Corporativo

O empreendedorismo corporativo é aquele que se refere à identificação, desenvolvimento e implementação de ações e novas oportunidades em determinados empreendimentos e na estrutura de uma empresa.

Possui como objetivo principal estimular a inovação nas atividades da organização e, como consequência de tal ato, gerar melhorias nos recursos humanos e na estratégia de negócio.

Empreendedorismo Social

O empreendedorismo social possui como intuito a promoção de mudanças e soluções para os problemas da sociedade através de uma ideia, gerando qualidade de vida e aprimoramento da economia.

Empreendedorismo Individual

O empreendedorismo individual tem como principal característica a criação de novas empresas e negócios. Em poucas palavras: são as organizações em fase inicial.

O tipo de empreendedorismo que deve ser usado vai depender do ambiente em questão, assim como suas oportunidades, seu contexto, o conceito do negócio e seus valores.

Características do Perfil Empreendedor

características de empreendedor

Ainda que cada empreendedor conte com características diferentes, há algumas peculiaridades que todos precisam ter:

  • Autoconfiança: O empreendedor precisa acreditar em seu potencial, talento e opiniões;
  • Otimismo: Deve sempre esperar o melhor e acreditar que vai dar certo;
  • Coragem para aceitar riscos: Um empreendedor deve lidar bem com os riscos;
  • Resiliência e perseverança: Não desistir facilmente;
  • Desejo de protagonismo: Ter anseio de ser reconhecido, tomar as rédeas da situação e ser soberano.

Para empreender, mantenha seus olhos abertos

Enquanto todos estão trilhando caminhos semelhantes, aquele que tem coragem e determinação para arriscar e tomar outras direções possui um valioso diferencial.

São raras as pessoas que olham para outras direções, ainda mais no mundo dos negócios de balões personalizados, mas esses poucos empreendedores com certeza estão entre os mais bem-sucedidos, aqueles que nasceram para serem líderes, porém é preciso tomar cuidado.

Quando você decide abrir um negócio, é bombardeado por histórias de pessoas que ousaram e se deram mal. Com certeza isso deve ser levado em consideração.

Por outro lado, ser empreendedor é manter os olhos bem abertos e assumir riscos calculados (baseados muitas vezes nas experiências alheias) e aproveitar oportunidades.

Não existe uma direção propriamente dita a seguir, mas o empreendedor pode buscar o melhor caminho baseado na oportunidade que surgira, analisando muito bem o negócio, pensando além, e tendo bastante competência.

Gostou do artigo? Comente e converse conosco.

 



Comentários