Blog da Bp
dez292010

História dos balões

Categorias: Balões Personalizados

3 Comentários

Os balões (ou bexigas) então presentes em diversas formas no nosso dia a dia, seja em festas infantis ou em ações de marketing, por exemplo. Mas você já se perguntou como surgiram os balões, ou melhor: qual é a história das famosas bexigas?

Esse é o tema do nosso blog de hoje. Preparado para uma volta ao tempo e um pouquinho de história? Então vamos lá!

Os primeiros balões

Os registros históricos apontam que os primeiros balões foram feitos pelos Astecas (povos étnicos que ocupavam a região central do México por volta do século XV). No início, os balões eram feitos das vísceras (bexigas, intestinos e estômagos) de diferentes animais e eram utilizados como uma espécie de brinquedo. Nessa época, os “balões” astecas possuíam diâmetros diferentes e pouca elasticidade em função do material utilizado.

No mesmo período dos Astecas, o famoso Galileu Galilei inflou a bexiga de um porco para medir o peso do ar em um de seus experimentos. Nesse mesmo período histórico, os “balões” feitos de animais marinhos eram muito utilizados em jogos por crianças indígenas e esquimós.

O surgimento das bexigas de borracha

O balão de borracha, parecido com o que conhecemos hoje, foi inventado pelo Professor Michael Faraday (famoso químico e físico da época), em 1824 no Royal Institution em Londres. Essas bexigas foram feitas utilizando o látex leitoso extraído da seringueira e foram criadas para servir a um experimento realizado com hidrogênio.

Balões de brinquedo foram introduzidos no ano seguinte por Thomas Hancock, na forma de kit “Faça você mesmo”, que consistia em uma garrafa de solução de borracha e uma seringa de condensação. Em 1847, J.G. Ingram, de Londres, manufaturou os primeiros balões de borracha vulcanizada.

Arte com balões

A arte de torcer e esculpir balões começou em 1920, mas não se tornou popular até o advento dos balões membranosos na 2ª Guerra Mundial. Esses foram feitos, a princípio, no Japão e importados pelos EUA como uma novidade barata e curiosa.

A qualidade dos balões era bem pobre, então só um expert podia manusear e esculpir sem que eles estourassem. Além disso, a borracha pesada e o pequeno diâmetro com o qual eram feitos faziam com que fossem difíceis de inflar. Entretanto, milhões destes foram vendidos, a maioria via correio, e as companhias americanas logo pegaram a ideia.

A partir da década de 1950, os balões já eram fabricados com qualidade superior e possibilitavam que qualquer um conseguisse inflá-los. O inventor deste balão é desconhecido, mas sua origem abriu a porta para uma nova arte e popularizou esse importante recurso.

Na atualidade, o desenvolvimento tecnológico das empresas fabricantes de balões de látex transformaram esta arte em magia de cores, festas e decorações em eventos e ocasiões especiais. É um fato: todo mundo já brincou com balão ou já o utilizou em algum momento.

 

Agora que você já conhece a história dos balões, que tal um balão personalizado para encher seu evento de estilo? Preencha o formulário no canto esquerdo da tela e receba um orçamento completo!

 

Os primeiros balões

Os registros históricos apontam que os primeiros balões foram feitos pelos Astecas (povos étnicos que ocupavam a região central do México por volta do século XV). No início, os balões eram feitos das vísceras (bexigas, intestinos e estômagos) de diferentes animais e eram utilizados como uma espécie de brinquedo. Nessa época, os “balões” astecas possuíam diâmetros diferentes e pouca elasticidade em função do material utilizado.

 

No mesmo período dos Astecas, o famoso Galileu Galilei inflou a bexiga de um porco para medir o peso do ar em um de seus experimentos. Nesse mesmo período histórico, os “balões” feitos de animais marinhos eram muito utilizados em jogos por crianças indígenas e esquimós.

 

O surgimento das bexigas de borracha

O balão de borracha, parecido com o que conhecemos hoje, foi inventado pelo Professor Michael Faraday (famoso químico e físico da época), em 1824 no Royal Institution em Londres. Essas bexigas foram feitas utilizando o látex leitoso extraído da seringueira e foram criadas para servir a um experimento realizado com hidrogênio.

 

Balões de brinquedo foram introduzidos no ano seguinte por Thomas Hancock, na forma de kit “Faça você mesmo”, que consistia em uma garrafa de solução de borracha e uma seringa de condensação. Em 1847J.G. Ingram, de Londres, manufaturou os primeiros balões de borracha vulcanizada.

 

Arte com balões

A arte de torcer e esculpir balões começou em 1920, mas não se tornou popular até o advento dos balões membranosos na 2ª Guerra Mundial. Esses foram feitos, a princípio, no Japão e importados pelos EUA como uma novidade barata e curiosa.

qualidade dos balões era bem pobre, então só um expert podia manusear e esculpir sem que eles estourassem. Além disso, a borracha pesada e o pequeno diâmetro com o qual eram feitos faziam com que fossem difíceis de inflar. Entretanto, milhões destes foram vendidos, a maioria via correio, e as companhias americanas logo pegaram a ideia.

 

A partir da década de 1950, os balões já eram fabricados com qualidade superior e possibilitavam que qualquer um conseguisse inflá-los. O inventor deste balão é desconhecido, mas sua origem abriu a porta para uma nova arte e popularizou esse importante recurso.

 

Na atualidade, o desenvolvimento tecnológico das empresas fabricantes de balões de látex transformaram esta arte em magia de cores, festas e decorações em eventos e ocasiões especiais. É um fato: todo mundo já brincou com balão ou já o utilizou em algum momento.

 

Agora que você já conhece a história dos balões, que tal um balão personalizado para encher seu evento de estilo? Preencha o formulário no canto esquerdo da tela e receba um orçamento completo!

 

car rentals in chicago



Comentários