Blog da Bp
mar072019

As principais diferenças entre loja física e e-commerce

Categorias: Sem categoria

0 Comentário

Todo empreendimento de sucesso tem em seu alicerce um bom planejamento. Mas é importante entender as diferenças de cada negócio para lidar com facilidades, certos problemas e oportunidades.

Se você ainda tem dúvida à respeito de loja virtual ou loja física, descubra quais são suas diferenças antes de aventurar-se no mundo virtual.

E-commerce ou loja virtual, nada mais é que um comércio eletrônico, ou seja, toda modalidade de transação comercial de compra e venda realizada através da internet com o uso de um equipamento eletrônico. Confira as principais diferenças:

Mais informações disponíveis

Uma vantagem do e-commerce é poder mostrar todas as informações do produto, como marca, modelo, tamanho, peso, dimensões, fotos de qualidade, vídeos explicativos, preço, fretes e tempo de entrega. Por isso é tão importante fazer uma descrição perfeita, para informar!  

Cliente avalia o produto

Só na loja virtual é possível deixar um depoimento, onde mostra as opiniões dos clientes, os prós e os contras. Eles se sentem à vontade para falar, assim os próximos clientes se sentem seguros para comprar.   

Baixo custo operacional

Baixo investimento inicial em comparação com o investimento de uma loja física (aluguel ou compra do imóvel, contratação de funcionários, impostos, móveis, decoração, limpeza, entre outros). Não há necessidade de contratação de vendedores, logo, não é necessário pagamento de comissão, o que já dá uma margem de lucro maior, permitindo operar com linha de desconto bem mais atrativo para o consumidor.

Facilidade de acompanhar resultados

Uma das diferenças da loja física para o e-commerce, é a facilidade de acompanhar seus negócios e controlar os resultados. Você tem mais acesso para gerar o controle de estoque de forma simples, calcular o número de vendas, o faturamento mensal, além de acompanhar os produtos que seus clientes mais gostam.

Leia mais: As vantagens e desvantagens do e-commerce

Sua loja precisa ser segura

O cliente pode ficar inseguro por ter pago o produto e não poder ter em mãos de imediato. Ainda existem muitos clientes que não se sentem seguros de informar seus dados pessoais ou bancários, número do cartão de crédito, etc. Por isso, é imprescindível que sua loja tenha um sistema de segurança para esses dados, a fim de assegurar a responsabilidade. Além disso, você precisa ter uma relação de transparência com seu cliente. Envie e-mails sobre datas de entregas e demais processos até o recebimento do produto. E lembre-se de que investir em segurança é fundamental para atrair o cliente, principalmente em um e-commerce.

É provável que você lide com troca

Comprar artigos de vestuários (como roupas, calçados, etc) ou cosméticos (perfumes, por exemplo) ainda é uma questão delicada, pois não permite experimentar, tocar ou sentir o produto, ou seja, o cliente ainda se sente inseguro em realizar uma comprar virtual por medo de errar no tamanho, na cor, no modelo, etc. E é exatamente por isso que é possível que você lide com trocas. Por isso, uma maneira de evitar é dando o máximo de informações possíveis na descrição.

Despesas com site

Além da questão com segurança, que falamos acima, um e-commerce precisa de um servidor, domínio, hospedagem e, às vezes, ferramentas específicas para funcionar. Faça um orçamento, pensando na qualidade do serviço prestado, bem como seus custos, e escolha o melhor custo benefício.

Quer saber mais sobre como montar seu negócio? Acesse nosso blog. Temos vários conteúdos como esse!



Comentários